Associados procederam à eleição dos orgãos sociais para o triénio de 2020 a 2022

Na Assembleia Geral Eleitoral da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Póvoa de Lanhoso, realizada em 17 de dezembro corrente, os Associados procederam à eleição da Mesa da Assembleia Geral, da Direção e do Conselho Fiscal para o mandato social no triénio de 2020 a 2022.

Presente uma só lista a votação – designada de Lista “A” -, cumpridos os dispositivos estatutários e legais, votaram 50 associados. Realizado o escrutínio, foi proclamada eleita a referida Lista sufragada, por 49 votos a favor e 1 voto em branco, com os associados e respetivos cargos que a compõem (confira a lista aqui ), destacando-se na presidência dos respetivos Corpos Gerentes: Assembleia Geral, Dr. Rui Rebelo; Direção, Pe. Luis Peixoto Fernandes; Conselho Fiscal, Dr.ª Patrícia Eliana Pereira.

No final do ato e da proclamação eleitorais, a Mesa da Assembleia Geral fez saber que o ato solene de Posse dos Órgãos Sociais ora eleitos para o mandato no triénio de 2020 a 2022 terá lugar no dia 10 de janeiro de 2020, às 21H30, no Quartel-Sede da Associação Humanitária, vila da Póvoa de Lanhoso.

Após o ato eleitoral, decorreu a sessão ordinária da Assembleia Geral, em que foram aprovados por unanimidade os seguintes documentos: Orçamento Retificativo respeitante ao exercício social do ano de 2019; Plano de Atividades e o Orçamento, de Exploração Previsional e Investimentos, para o exercício social de 2020. Estes documentos, relevantes instrumentos de apoio à gestão da Associação Humanitária, mereceram Parecer favorável, com recomendações, do Conselho Fiscal.

Para o exercício de 2020, de essencial o Plano de Atividades enuncia os três objetivos considerados prioritários pela Direção. Assim, procurar-se-á investir na manutenção e reforço da frota automóvel da Associação Humanitária (prevendo-se a aquisição de nova ambulância de emergência) e bem assim promover formação técnica do Corpo Ativo para combate a incêndios e socorrismo, a que acresce a aquisição de material e equipamento diverso, requerido pelo funcionamento normal da Corporação (designadamente, para combate a incêndios). Nos investimentos previstos para o próximo exercício social destaca-se a realização de avultados trabalhos de manutenção do Quartel-Sede e respetiva Zona comercial, assim como obras de reparação do Museu do Bombeiro da Póvoa de Lanhoso, contando-se, para o efeito, com o apoio da Câmara Municipal e das Juntas de Freguesia e o generoso auxílio da população do Concelho.

Por essa razão, e apesar de constituir uma mera previsão anual, numa base forçosa de contenção e precisão nas despesas correntes e nos investimentos, em vista aliás das circunstâncias sociais e económicas que reclamam uma gestão conduzida de forma rigorosa e flexível, faz-se notar que o Orçamento da Instituição para 2020 ascende ao montante de 813.480€, sendo uma parte considerável referente a investimentos previstos realizar. É um Orçamento que ao nível dos rendimentos operacionais (prestações de serviços e subsídios à exploração) mantém os valores do ano homólogo anterior, assumindo-se, contudo, que o montante dos custos operacionais (fornecimentos e serviços externos e pessoal) tem vindo a subir, o que implica dificuldades no equilíbrio da exploração e a necessidade de fomentar a angariação de receita alternativa para financiamento da atividade operacional.

De resto, manter-se-ão as atividades sociais, recreativas e culturais com tradição da Associação Humanitária, destacando-se as festas de convívio dos Bombeiros e seus familiares no Natal e Páscoa, assim como as comemorações do 116.º Aniversário no “5 de Setembro” (em conjunto com a Santa Casa da Misericórdia/Hospital António Lopes), e a ligação institucional com a Banda Musical e respetiva Escola de Música, cuja participação na Comunidade se quer cada vez mais reforçada.

Em nota final, faz-se saber que este ano a tradicional Festa de Natal, que nesta quadra tão especial junta em confraternização cerca de duas centenas e meia de elementos da Família Associação Humanitária – corpos sociais, bombeiros e respetivos familiares, trabalhadores e colaboradores, elementos da Banda Musical, beneméritos –, realizou-se no passado dia 21 de dezembro, a partir das 17H00, no Quartel-Sede, seguindo-se jantar-convívio numa unidade de restauração sita na Póvoa de Lanhoso.